Casa da Música

VOLTAR

EDUCAÇÃO ATRAVÉS DA MÚSICA

Inaugurada em junho de 2016, a Casa da Música foi criada para abrigar os cursos da Casa da Cultura de Paraty, sua vizinha, e ser a primeira sede da Sociedade Musical Santa Cecília. Fundada em 1954, a banda mais tradicional de Paraty marca presença nas principais festas da região. Nesse período, a Santa Cecília ocupou imóveis alugados ou cedidos pela Paróquia de Paraty, por proprietários particulares ou pela Prefeitura, sempre de forma provisória.

Para a sede da banda, o salão ganhou uma entrada independente e uso destinado a ensaio, com mezanino para guarda de acervo, partituras, instrumentos e administração. Com a restauração, o espaço foi dividido em duas salas de aula com isolamento acústico, ampliando o Programa Educativo de Música da Casa da Cultura, que atende cerca de 300 alunos na Casa e alcança mais de 1 mil nas escolas públicas e espaços culturais do município.

A partir de 2017, o Programa de Educação Musical priorizou a formação musical de crianças e jovens da cidade, utilizando também o espaço sociocultural ‘Casa da Ilha’, com o objetivo de atender alunos de diferentes bairros. São oferecidos cursos de Iniciação, Formação e Apreciação Musical e aulas de prática de Conjunto, nas quase 100 horas de aulas por semana. Mais da metade dos estudantes vêm de regiões rurais ou periféricas da cidade, alunos da rede pública, muitas vezes excluídos geograficamente, economicamente e até culturalmente, preenchendo ainda mais de significado a proposta do projeto.

O Programa de Educação Musical de Paraty também busca retomar a história da música em Paraty, seja por meio do estudo das versões originais dos manuscritos que integram o acervo da Sociedade Musical Santa Cecília (música de banda, a partir das primeiras décadas do século XX) e do Museu de Arte Sacra (música sacra remontando a meados do século XIX), ou na criação de releituras contemporâneas da tradição oral (ciranda).

O projeto “Ciranda nas Escolas” vai, semanalmente, a diferentes escolas do município, levar a história da ciranda, tocar e ensinar a dançar. O Grupo Cirandeiros de Paraty marca presença no projeto com apresentações realizadas nas escolas e outras instituições públicas do município, disseminando a cultura da ciranda entre as crianças e jovens da região. No colégio Cembra, uma vez por semana, os alunos recebem aulas de banda. Na Casa da Cultura, a oficina “Ritmos e Danças” ensina vários estilos de danças e ritmos populares brasileiros, utilizando instrumentos como zabumba, triângulo, pandeiro, caxixi etc.

Sede de dois grandes eventos musicais nacionais – Bourbon Jazz Festival e Festival Mimo – além do recente festival 2 Estações Musicais em Paraty, a Cidade Histórica Paraty também vem se tornando uma referência em ensino de música no país. Ao ganhar uma Casa para chamar de sua, a Sociedade Musical Santa Cecília, que também oferece formação musical para jovens da cidade, tem suas atividades garantidas em espaço apropriado.

O imóvel, ao lado da Casa da Cultura, foi doado para a Prefeitura em 2004, já com o intuito de ser destinado à Casa da Música. Tendo como patrono o grupo Águas do Brasil, patrocinada pelo grupo Globo, através da lei de incentivo à cultura, do Ministério da Cultura, a Casa da Cultura é um equipamento público municipal que conta com o apoio da Fundação Roberto Marinho, da Comunitas e da Prefeitura Municipal de Paraty.